Turismo

Traçando rota de viagem: como planejar e montar o passeio ideal

Organizar viagem dá trabalho, mas esse é um dos esforços que mais valem a pena na vida. Veja algumas dicas de como fazer isso sem complicações!

Quando o assunto é viagem, é difícil encontrar uma pessoa que não goste ou não fique imediatamente animada ao se imaginar conhecendo novos lugares, pessoas, pratos gastronômicos e culturas.

Contudo, organizar uma viagem é um processo trabalhoso, que exige paciência e tempo. Pesquisar opções de transporte e comparar os preços de passeios, hospedagem e outros itens são ações importantes e exigem organização.

Você está preparando a sua próxima viagem e precisa economizar com hospedagem? Veja algumas dicas simples e eficientes para organizar a viagem com mais tranquilidade!

Traçando rota de viagem: como planejar e montar o passeio ideal

Objetivos

A primeira pergunta a se fazer ao preparar uma viagem é: quais são os meus objetivos? Você prioriza visitar monumentos históricos e lugares culturais (como museus, teatros e espetáculos de música) ou busca relaxar em contato mais direto com a natureza? Gosta de descobrir lugares aos quais ir de forma improvisada ou deseja segurança, conforto e tranquilidade?

Dependendo do momento da vida em que se está, o objetivo da viagem pode mudar. Uma vez reconhecido o fim pelo qual você quer viajar — se quer fazer altas programações culturais e dormir pouco, ou se precisa descansar mais — isso te ajudará a definir os próximos passos.

Traçando rota de viagem: como planejar e montar o passeio ideal

Destino, data e duração

O próximo passo é definir o destino e a data da viagem. Vale lembrar que períodos de alta temporada (litoral no verão e regiões montanhosas no frio) são mais disputados e caros. Se o seu orçamento está restrito, é interessante buscar outros momentos do ano para viajar.

Ao escolher o destino, é importante verificar em quais épocas do ano é melhor visitá-lo. Quem deseja conhecer as lagoas dos lençóis maranhenses, por exemplo, deve viajar entre janeiro e junho, que abarca o período de chuva na região.

Nos outros meses do ano, há mais chances de viajar até lá e não encontrar as belas lagoas. Ao visitar áreas como cachoeiras e montanhas, verifique se a época escolhida é adequada para fazer passeios e trilhas — evite visitar essa época em períodos do ano considerados mais chuvosos, pois há mais riscos de acidentes.

Outro fator relevante para definir o roteiro é a duração da viagem. Viagens mais curtas demandam bastante organização, já que o tempo é menor. Se você puder passar pelo menos uma semana no destino escolhido, além de conhecer mais lugares, isso lhe permite fazer os passeios com mais calma e não precisar pagar os preços mais caros — o que pode ocorrer em viagens mais curtas.

Traçando rota de viagem: como planejar e montar o passeio ideal

Passeios

O próximo passo é definir o que você vai fazer no destino escolhido. Existem muitos perfis de turistas e passeios para cada tipo deles. Quem prioriza estar em contato com a natureza precisa usar guias turísticos que saibam conduzir por trilhas mais longas — como ocorre no Vale do Pati, na Chapada Diamantina, vilarejo ao qual só é possível chegar caminhando e cujo passeio tem uma duração mínima de 3 dias.

Quem tem um perfil mais urbano e adora uma vida cultural agitada, que tal buscar museus, teatros e lugares históricos daquele lugar? Uma dica boa para economizar dinheiro é comprar passes que permitam entrar em diferentes museus em um determinado espaço de tempo (24 horas ou mais). Além de pagar tarifas reduzidas, isso ainda permite reduzir o tempo de espera na fila — o que é essencial, afinal nenhum turista gosta de perder tempo de viagem em filas.

Uma última dica é: preste atenção aos documentos necessários para viajar. Isso é importante, sobretudo, para viagens internacionais — nunca saia para passear com o passaporte, pois, se algo ocorrer com esse documento, você terá problemas para sair do país. Deixe os documentos importantes em um lugar seguro (no hotel ou na pousada escolhida) e apenas saia com eles em ocasiões extremamente necessárias.

Leave a Reply

Your email address will not be published.