Uncategorized

Descubra 3 erros que as pessoas mais cometem ao escovar os dentes

Escovar os dentes é uma das principais ações que devem ser feitas para uma boa saúde bucal.

 

Isso porque, a falta de uma boa escovação, bem como a falta de uma higiene adequada pode causar diversas patologias bucais, bem como, a limpeza correta é capaz de evitar cerca de 90% de todas as doenças que surgem na boca. 

 

Justamente por sua relevância, normalmente, desde a infância, as pessoas são incentivadas através de ações na escola e incentivos dos pais a escovarem os dentes da  maneira certa, fazendo também a utilização do fio dental. 

 

Entretanto, mesmo assim, muitas pessoas acabam não criando o hábito de escovar os dentes todos os dias, ou até mesmo de não usar fio dental, e ainda por cima existem fatores piores, como fazer a escovação de forma errada o que pode gerar problemas seríssimos ao invés de evitá-los.

 

Portanto, para evitar a necessidade de colocar uma prótese dentária devido a extrações ou quedas de dente geradas pela falta de higienização ou escovação incorreta, confira a seguir tudo o que você precisa saber sobre os principais erros quando o assunto é escovar os dentes.

Qual é o tipo de escova mais recomendada?

Além de entender como escovar os dentes, em relação aos movimentos, pasta dental utilizada e a frequência das escovações, existem alguns requisitos que precisam ser considerados com cuidado na hora de escolher uma escova. 

 

Isso porque, existem alguns tipos de escovas, feitas com materiais diferentes e formatos diferentes.

 

Dessa forma, confira a seguir alguns desses tipos de escovas e saiba que o ideal é que se troque a escova de dentes a cada três meses, mesmo em casos em que o paciente possui lente de dente.

  • Macias e extra-macias

Essas são as opções mais recomendadas pelos profissionais dentistas. Isso porque, elas são suaves e conseguem remover toda a placa bacteriana que está na superfície do dente sem agredir as gengivas.

 

Entretanto, além de macias é importante que o formato da escova seja arredondado para que a escova possa alcançar todos os locais com facilidade para que os dentes fiquem limpos e claros, evitando a necessidade de pesquisar sobre valor clareamento dental.

  • Duras e médias

Muitas pessoas acreditam que escovar os dentes da melhor forma significa implicar força como quando esfregamos uma sujeira que se encontra em algum tecido, por exemplo. 

 

Justamente devido a essa linha de raciocínio, as pessoas acabam achando que quanto mais rígida for as cerdas, melhor. 

 

Entretanto, esse tipo de cerda, somada a força na hora da escovação pode ser um perigo, pois o paciente pode acabar machucando a gengiva e até mesmo danificar o esmalte dentário.

 

Esse por sua vez será como uma porta aberta para o surgimento de vários problemas bucais, como infecções e doenças periodontais. 

 

Portanto, esse tipo de escova pode ser indicada para a limpeza de prótese, dentaduras e outros apliques dentários como a lente de contato dental.

  • Cerdas especiais

Existem algumas cerdas que são realizadas para características e situações especiais. Confira algumas delas a seguir:

Cerdas antibacterianas 

Possuem um sistema que não apenas ajuda a remover a placa bacteriana dos dentes, como impede o crescimento de bactérias na escova por um período de 90 dias.

Cerdas polidoras

Esse tipo de cerda ajuda a reter o creme dental, permitindo uma limpeza mais eficiente de manchas nos dentes.

Cerdas com tecnologia Pro-Flex

Elas são mais flexíveis que as demais e seu potencial de remoção de placas possui uma eficiência de até 93%, até mesmo para limpezas em pacientes que utilizam lente nos dentes.

Não passar o fio dental pode dar problemas?

Assim como a escovação, o fio dental é uma necessidade. Isso porque, apesar de escovar os dentes da forma correta, escovando sempre após as refeições, assim como manda o figurino, ainda sim, sem o uso do fio dental é possível desenvolver patologias como:

 

  • Gengivite;
  • Doenças periodontais;
  • Cáries;
  • Placas bacterianas. 

 

Isso tudo porque o papel do fio dental é único. Somente ele consegue limpar o espaço que há entre as gengivas e os dentes, uma vez que nem a melhor das escovas consegue alcançar essa parte.

 

Portanto, o fio dental também tem um papel crucial na manutenção da saúde das gengivas.

Leave a Reply

Your email address will not be published.