logo

Home Noticias Castigo no final em Bagé
Castigo no final em Bagé

Em jogo válido pela quinta rodada do Gauchão da Divisão de Acesso 2019, o Cruzeiro entrou em campo para defender sua invencibilidade na competição enfrentando o Grêmio Bagé, no estádio da Pedra Moura, no Sul do Estado. O estrelado largou na frente, mas o time da casa virou e venceu por 2 a 1. O gol da vitória bageense ocorreu aos 49 minutos do segundo tempo, após cobrança de uma falta inexistente marcada pelo árbitro. 

O Cruzeiro, time comandado pelo técnico Claiton dos Santos, começou pressionando o adversário, mesmo jogando como visitante. A pressão inicial surtiu efeito aos 15 minutos, quando o atacante Wander fez 1 a 0 para o estrelado. Após o gol cruzeirista, a equipe da casa saiu mais para o jogo e chegou a pressionar o Cruzeiro em alguns momentos. Aos 26 minutos, após cinco cobranças seguidas de escanteio, o Bagé empatou a partida, com gol marcado pelo ala Fabinho Capixaba.

No segundo tempo o jogo piorou em qualidade técnica e ficou muito truncado com um festival de cartões amarelos, com os dois times buscando o gol da vitória. O gol da virada do Bagé nasceu em uma jogada polemica, a arbitragem deu toque de mão inexistente do jogador do Cruzeiro, fato muito contestado pela equipe estrelada. Após a cobrança, o centroavante Maicon Santana, de cabeça, faz 2 a 1 para o time jalde-negro. O goleiro Thiago, do Grêmio Bagé, foi escolhido o melhor em campo pelas rádios que cobriram o jogo. Em quatro jogos no campeonato, é a terceira vez que o goleiro adversário é escolhido o melhor da partida.
O resultado deixou o Cruzeiro com cinco pontos, com uma vitória, dois empates e uma derrota. No domingo, dia 10, o estrelado vai a Pelotas enfrentar o Farroupilha, às 16 horas, no estádio Nicola Fico, em busca da recuperação. 

FICHA TÉCNICA - Bagé 2 x 1 Cruzeiro

Estádio Pedra Moura – Divisão de Acesso – 5ª rodada - 07/03/2019

BAGÉ - Thiago; Fabinho Capixaba, Ílson, Sílvio e Rafinha Carletti (Cris Magno); Evandro (Matheus Damasceno), Jefferson

Bernardo, Danilo e Gustavo Nogy; Fernandinho (Maranhão) e Maicon Santana. Técnico: Márcio Nunes.

 

CRUZEIRO - Matheus; Diego Superti, Fernando Pinto, Julio Santos e Baiano; Ben-Hur (Fabrício), Elton, Raphinha e

Garrati; Wander (Henrique Luiz) e Igor Nobre (Thiago Correa). Técnico: Claiton dos Santos.

ARBITRAGEM- Rodrigo Crivellaro Dias, auxiliado por Pablo Sebastian de Mello e Rafael dos Santos Alves. Quarto árbitro,

Maurício Dalé Granatto e delegado, Paulo Ricrdo Soller Camacho. 

 

Em jogo equilibrado, Cruzeiro perde no final com erro do árbitro. Foto de Antônio Rocha (Jornal Minuano).

 

Próxima Partida

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Esporte Clube Cruzeiro:
Secretária/Administrativo:
Estádio na Avenida Ary Rosa Santos, Bairro Granja Esperança, Cachoeirinha/RS
Fone: (51) 99317.1193